O CIAC – Centro de Apoio Autárquico ao Consumidor de Amarante promoveu mais de 30 atividades dirigidas ao público escolar, sénior e aos técnicos de diferentes áreas e conseguiu “impactar” cerca de 900 pessoas este ano.

As sessões foram realizadas através de webinars, conversas abertas na rádio, atividade intergeracional e visitas de estudo.

 “As atividades que programamos tiveram como principal propósito informar e sensibilizar os munícipes sobre os direitos e deveres enquanto consumidores, contribuindo para a qualidade de vida, na medida em que se pretende promover a mudança de hábitos, estimulando um consumo mais responsável, consciente e crítico”, referiu Rita Marinho Batista, vereadora com o pelouro da Defesa do Consumidor.

Foto: Município de Amarante

Em 2023 o CIAC pretende “continuar a prestar serviço ao consumidor” com atividades sobre comunicação, transações bancárias, energia, gestão financeira, direitos e deveres do consumidor, seguros, mundo digital, créditos, tribunais arbitrais e poupança.

Estas iniciativas decorreram em parceria com a DGC – Direção Geral do Consumidor; DECO – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor; TRIAVE – Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Ave, Tâmega e Sousa; PNFF – Todos Contam; e AGIR CLDS.

Foto: Município de Amarante