No passado domingo, dia 10 de julho, o município de Celorico de Basto inaugurou as obras de requalificação da estação de Lourido, que passa a estar disponível para a população.

O espaço está equipado com um conjunto de serviços novos, nomeadamente, casas de banho, banhos e espaços de convívio e descanso, tendo como objetivo o apoio ao turismo.

Foto: Município de Celorico de Basto

O evento também serviu para assinar o protocolo para a recuperação da Ponte de Arame, que une o lugar da freguesia de Arnoia a Rebordelo, em Amarante. A obra irá decorrer no âmbito da Associação de Municípios do Douro e Tâmega e terá um investimento de cerca de 300 mil euros, suportado, em partes iguais, pelos municípios de Celorico de Basto e de Amarante.

O presidente da Junta de Freguesia de Arnoia, Vítor Moura, afirmou ser “um dia histórico para Lourido e para a freguesia de Arnoia e um motivo de enorme alegria para a população de uma freguesia nobre e hospitaleira que fica, a partir de hoje, com um novo e importante equipamento para acolher quem nos visita”.

Foto: Município de Celorico de Basto

O presidente da autarquia celoricense, José Peixoto Lima, referiu que o objetivo é “fazer da Ecopista do Tâmega a melhor do país, dotando-a de serviços e motivos de interesse, capazes de atrair ainda mais visitantes para a região”.

José Peixoto Lima relembrou ainda que a estação está requalificada e será concessionada a entidades privadas, com a intenção de valorizar “a qualidade das propostas em detrimento do valor da concessão, criando assim oportunidades de negócio para as empresas e a garantia de dinamização e rentabilização dos espaços públicos, prestando um bom serviço à população”

Foto: Município de Celorico de Basto

Além dos membros do Executivo, da Assembleia Municipal e das juntas de freguesias, a cerimónia contou com o presidente da Câmara Municipal de Amarante, José Luís Gaspar, presidente da câmara de Baião, Paulo Pereira, os autarcas de Amarante e Baião e reuniu mais de três centenas de pessoas. Do evento da inauguração fez parte ainda a realização de um almoço convívio, animado pelo grupo de bombos “Arnoia em Movimento”.

Texto redigido com o apoio de Daniela Lenchyna.

Foto: Município de Celorico de Basto