A Câmara Municipal de Castelo de Paiva vai avançar com a adjudicação da obra do Cavalete do Fôjo, localizado em Folgoso, na União de Freguesias do Couto Mineiro do Pejão.

Em comunicado, o município indica que o principal objetivo da requalificação é “preservar o valor histórico, cultural e paisagístico desta estrutura mineira”.

A Câmara Municipal de Castelo de Paiva tem planos para esta zona mineira, anunciando a “vontade de recuperar o edificado que sobreviveu ao passar dos anos, mas que se encontra muito destruído devido ao vandalismo e falta de manutenção do edificado, dando-lhe nova vida”, numa intervenção que, segundo a autarquia paivense, insere-se numa estratégia de “valorização do legado do Couto Mineiro do Pejão”, que foi encerrado em 1994.

Após um longo percurso burocrático, foi aprovada, na última reunião do Executivo Municipal, a adjudicação da empreitada da obra de requalificação.

A Câmara Municipal avançou com uma candidatura a fundos comunitários.

O prazo de execução da empreitada é de 365 dias e as obras terão início com a assinatura do auto de consignação.