De acordo com a Direção-Geral da Saúde, todos os concelhos do Tâmega e Sousa apresentaram uma descida de casos ativos.

A Direção-Geral da Saúde atualizou esta sexta-feira, dia 18 de fevereiro, os dados por concelho relativos à COVID-19, utilizando como base a incidência por 100 mil habitantes, metodologia adotada nos últimos meses para divulgar este tipo de dados.

De acordo com os dados divulgados, Castelo de Paiva é o concelho da região com uma incidência maior, tendo 3.764 casos por 100 mil habitantes. Segue-se Marco de Canaveses, com 3.719, Resende, com 3.243, Amarante com 3.198, Penafiel, com 2.826, Paredes, com 2.825, Baião, com 2.654, e Celorico de Basto, com 2.507..

Dos concelhos da região, segue-se ainda Cinfães, que apresenta uma incidência de 2.261 casos por 100 mil habitantes, Paços de Ferreira, com 2.202, Felgueiras, com 2.013, e Lousada, com 1.898.

Apesar dos números elevados, todos os concelhos da região registaram uma descida significativa da incidência.

Os dados apresentados correspondem ao intervalo de 3 a 16 de fevereiro. A classificação de risco é realizada de acordo com as categorias utilizadas pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças.