A campanha solidária da Associação Empresarial de Baião para ajudar a população ucraniana recolheu, na primeira fase, duas toneladas de bens. O camião com os produtos recolhidos e entretanto entregues no Seminário Cristo Rei, em Vila Nova de Gaia, já segue para a Ucrânia.

Nesta iniciativa estiveram envolvidas as seguintes entidades: Bombeiros Voluntários de Baião, Bombeiros Voluntários de Santa Marinha, Juntas de freguesia do concelho, JSD Baião, Cool Kids, Casa do Povo de Santa Marinha, Jornal A Verdade, Jornal O Comércio de Baião, Associação de Estudantes – Lista J Aevo, Párocos, ADLRA – Associação de Desenvolvimento Local e Rural de Ancede, Amj – Associação Milénio Jovem, Maia Som, Indumeca, Loja de Chineses Gi, Papelaria Sandra, Agrupamento de Escolas Eiriz, CLDS 4G “Rede +“, Mercados de Gosende, Confeções Manuela e Pereira e os voluntários: Ana Silva, Ana Cardoso, Luciana da Silva, Sónia Meneses, Cristina Azevedo, Paula Belo, Inês Belo, Elisabete Gomes, Sofia Gouveia, Miguel Martins, Teresa Pereira, Ivo Costa, Mariana Leite, Eduardo Azeredo, Joana Cardoso, João Pedro Fonseca, Susana Gomes, José Azeredo, Maria Miguel Correia, Miguel Correia, Cátia Borges, Luis Pinto, Jorge Maia, Otília Dias, Jorge Dias, Glória Silva, Rafaela Costa, Teresa Gomes Pereira.

Foto: AE Baião

Em nota, a associação refere que a recolha continua e agora foram identificados como bens prioritários: medicamentos; comida; produtos de higiene; lanternas; pilhas; roupa interior térmica; botas n.º acima do 43; luvas de trabalho; mochilas; e garrotes.

Foto: AE Baião
Foto: AE Baião
Foto: AE Baião