A Câmara Municipal de Cinfães vai reforçar o subsídio anual às instituições particulares de solidariedade social do concelho, atribuindo uma verba total de 105 mil euros.

As associações com a valência de lar vão receber 12.500 euros e as restantes 10 mil euros, respetivamente, um aumento de 2500 euros relativamente ao ano de 2021. Em 2020, o subsídio para as instituições com lar, fixava-se em oito mil euros e as restantes recebiam seis mil euros.

O reforço do apoio, pelo terceiro ano consecutivo, foi aprovado na última reunião de Câmara que “irá atribuir 12.500 euros”, cada, às seguintes instituições: Associação de Infância e 3ª Idade S. Sebastião – S. Cristóvão, Associação de Solidariedade Social de Souselo, Associação de Solidariedade Social e Recreativa de Nespereira, Centro Social e Paroquial de Tendais, Santa Casa de Misericórdia de Cinfães e a Associação de Solidariedade Social de Espadanedo. 

O Centro Social e Bem Estar de Oliveira do Douro, a Associação para o Desenvolvimento do Alto do Concelho de Cinfães e o Centro Social da Paróquia de S. Martinho de Fornelos “vão receber 10 mil euros cada”.