Esta segunda-feira, dia 26 de setembro, o Hospital de São João, no Porto, inaugurou um banco de leite humano, que é a única estrutura no Norte do país que permite alimentar bebés prematuros, doentes ou internados.

Neste momento, serve o São João e o Centro Materno Infantil, mas o objetivo é que possa servir todos os hospitais do Norte, referem os meios de comunicação nacional.

Este é o segundo banco do país que pretende ajudar os bebés cujas mães não estejam biologicamente preparadas para amamentar.

As dadoras devem ser mães com bebés com menos de seis meses por causa da qualidade do leite que tem de ser adequada a um bebé recém-nascido e que tenham leite suficiente para amamentar o seu bebé, tendo excedente de leite. As interessadas podem enviar uma mensagem de correio eletrónico para [email protected].

As mães dadoras têm o suporte de equipas que vão às suas casas recolher o leite doado e esclarecer dúvidas, de forma a garantir o conforto da experiência com a amamentação do seu filho e a doação de leite, indica um comunicado do CHUSJ.

O investimento do CHUSJ rondou meio milhão de euros. A equipa do Banco de Leite Humano do Norte junta farmacêuticos, especialistas em patologia clínica, nutricionistas, entre outros profissionais e técnicos.

Texto redigido com o apoio de Daniela Lenchyna.