O município de Baião esteve presente na conferência mundial do Conselho Global de Turismo Sustentável (GSTC), entidade que reconhece os destinos turísticos sustentáveis, que decorreu em Sevilha (Espanha) entre os dias 12 e 15 de dezembro.

De acordo com o município esta foi uma oportunidade para “dar a conhecer as boas práticas que Baião tem vindo a implementar e tomar contacto com experiências e bons exemplos de outros territórios que o concelho e a região poderão replicar”.

Presente na conferência, o presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, sublinhou a importância do evento, considerado a principal “referência para os territórios e agentes turísticos recolherem boas práticas e formarem redes colaborativas que permitam o estabelecimento de parcerias e a adoção de estratégias comuns para a consolidação do turismo sustentável”.

Paulo Pereira garantiu “o total interesse e empenho de Baião”, considerando que “as mais recentes tendências mundiais neste domínio sinalizam os caminhos do desenvolvimento dos territórios. Um desenvolvimento sustentável e que contribua para a melhoria constante da qualidade de vida dos baionenses é o objetivo que perseguimos”.

Baião foi o primeiro município português a obter a certificação como Destino Turístico Sustentável, num processo iniciado em 2018, tendo recebido o reconhecimento Bronze em 2019 e os níveis prata desde 2021.

Na conferência participaram 350 delegados provenientes de 61 países de todos os continentes. Temas como os impactos dos incêndios na atividade turística, viagens sustentáveis, a incorporação da sustentabilidade nos alojamentos ou tendências mundiais do turismo, estiveram em debate.