Vai ter início na próxima quarta-feira, dia 20 de abril, o curso de formação que ensina a arte das Bengalas de Gestaçô, em Baião.

O curso vai ter a abertura oficial pelas 11h00 e vai contar com a presença da vereadora da Câmara Municipal de Baião, Anabela Cardoso, do presidente da Junta de Freguesia de Gestaçô, António Bento e de responsáveis do CEARTE.

Este curso vai ter a duração de 200 horas, com componentes prática e teórica, e trata-se de uma formação financiada, a decorrer nas instalações da Junta de Freguesia de Gestaçô e ministrada pelo artesão Eduardo Cardoso a 19 formandos.

A iniciativa é promovida pela Câmara Municipal de Baião, o CEARTE – Centro de Formação Profissional do Artesanato e a Junta de Freguesia de Gestaçô.

“As Bengalas de Gestaçô são, a par das Cestas de Frende, uma referência do artesanato do concelho de Baião e caracterizam-se por uma série de técnicas de produção com mais de 100 anos, que foram sendo passadas de geração em geração ao longo dos tempos”, refere um comunicado da autarquia.

“O objetivo desta ação é formar novos artesãos e valorizar e divulgar este tipo de artesanato. É para nós muito importante que não se percam estas artes e saberes. A Câmara Municipal de Baião pretende realizar este trabalho tanto para as bengalas de Gestaçô como para as cestas de Frende”, referiu Anabela Cardoso, caracterizando o CEARTE como “fundamental para a realização desta iniciativa, porque foi necessário desenhar uma oferta formativa específica para o efeito”.

“É importante valorizarmos as Bengalas de Gestaçô porque constituem um elemento artesanal de grande importância não apenas para a freguesia, mas também para o concelho e para a nossa região. Elas fazem parte da nossa história e da nossa tradição e são um grande motivo de orgulho para nós”, comentou o presidente da Junta de Gestaçô, António Bento.