A vereadora com o Pelouro da Educação da Câmara Municipal de Baião, Anabela Cardoso, recebeu esta quinta-feira, 29 de setembro, o grupo de professores que vai integrar as Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC), no sentido de se acertarem os últimos pormenores relativos ao funcionamento deste novo ano letivo.

No encontro participaram também o presidente e o vice-presidente da câmara, Paulo Pereira e Filipe Fonseca, respetivamente.

Os 10 professores presentes, deram sugestões, ideias, e tiraram dúvidas sobre o arranque do novo ano letivo.

Mais de 500 alunos de Baião do primeiro ciclo do ensino básico vão ser contemplados pelas Atividades de Enriquecimento Curricular.

Foto: Município de Baião

Para a vereadora, a oferta AEC assume “uma importância acrescida” na estratégia do município: “Contamos com a vossa colaboração para um desenvolvimento mais enriquecedor das gerações mais novas do nosso concelho”.

Em comunicado, a autarquia refere ainda que Anabela Cardoso deixou um apelo aos professores no sentido de “transmitirem aos alunos os valores do património Cultural, Literário, não esquecendo as questões ligadas à sustentabilidade, bem como as tradições e costumes de Baião”.

Foi também referido o alargamento ao pré-escolar de atividades Lúdico Pedagógicas, nas áreas de Educação Musical, Educação Física e Hora do Conto, uma nova oferta, neste ano letivo, que vai ser implementada em todos os jardins de infância do concelho.

Foto: Município de Baião

Na sua intervenção o presidente da Câmara Municipal de Baião, também ele professor de profissão, salientou que “as AEC inserem-se numa oferta de serviços de qualidade nas escolas do concelho, contribuindo e promovendo o sucesso escolar e a igualdade de oportunidades a todos os alunos”.

“Os professores são elementos essenciais, juntamente com os pais e encarregados de educação ou o pessoal não docente para o sucesso escolar dos alunos e é por isso que conto com o vosso contributo empenhado e com as vossas sugestões para a melhoria das respostas educativas às nossas crianças e jovens”, sublinhou. Paulo Pereira referiu ainda que a autarquia “foi, é, e sempre será um parceiro ao lado dos agrupamentos escolares”, lembrando que a Educação “continua no topo das prioridades da autarquia”.