A Associação Portuguesa de Imprensa (API), da qual o Jornal A VERDADE faz parte, vai lançar no dia 3 de maio, Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, um ciclo de conferências para debater os desafios e novos caminhos para o setor.

Sob o mote “RE Pensar a Imprensa – Uma reflexão indispensável”, este ciclo de conferências surge “na sequência do desafio lançado pelo Presidente da República no último Dia Nacional da Imprensa e pretende abrir o debate a todo o país e a todos os atores que, direta e indiretamente, moldam a realidade do sector: jornalistas, editores, diretores, leitores, reguladores e poder político”, afirma a associação em comunicado.

As conferências vão decorrer durante o mês de maio em Coimbra, Lisboa e Aveiro, com painéis que vão debater temas como: a liberdade de imprensa, os desafios da regulação, a iliteracia mediática, a imprensa no mundo digital, os problemas da cibersegurança e a importância da imprensa regional para o sistema democrático.

O ciclo de conferências vai arrancar com a apresentação formal das sessões, dos respetivos temas e objetivos à Assembleia da República, ao Governo e ao Presidente da República, numa cerimónia que vai decorrer no dia 3 de maio, no Museu da Presidência, em Lisboa. A sessão vai contar com a participação em vídeo do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, da comissária Europeia, Vera Jourová, do secretário-geral da ONU, António Guterres, de Tawfik Jelassi, diretor-geral adjunto de Comunicação e Informação da UNESCO, e com a presença de Elena Perotti, diretora-executiva da WAN-IFRA.

No final do ciclo de conferências, vai ser entregue ao Presidente da República, ao presidente da Assembleia da República e aos deputados um relatório com as conclusões dos debates, assim como vai ser organizada uma mesa-redonda, em Pombal, para apresentar o documento às autarquias.

A 7 de junho, no 44.º Congresso Mundial dos Media, em Cascais, a API vai participar na sessão inaugural para apresentar as conclusões destas conferências e expor o que está a ser feito em Portugal sobre o estado da comunicação impressa.