A Associação Empresarial de Baião (AEB) comemora esta terça-feira, dia 19 de abril, os 40 anos da instituição.

A data foi assinalada com uma emissão entre as 07h00 e as 12h00, que decorreu nas instalações da sede da AEB, contando com a presença do vice presidente da Câmara Municipal de Baião, Filipe Fonseca, o vereador do pelouro dos Assuntos Económicos e Internacionalização, José Lima, alguns órgãos sociais da associação e empresários.

Tendo em conta a situação económica fruto da pandemia da COVID-19, “os últimos tempos não têm sido os mais risonhos, mas serviram para a AEB se reinventar e, de alguma forma, alavancar outros modelos de negócio das empresas associadas”, sublinha Maria Miguel, presidente da direção da AEB.

No entanto, a presidente destaca “o comércio digital implementado através das redes sociais das empresas” e a formação que a associação vai implementando nas empresas “e que, nesse sentido, foi direcionada para a digitalização das empresas”. Um conjunto de medidas e atividades que a AEB vai “adaptando às necessidades” e que as empresas “acabaram por fazer também”.

Há quatro anos enquanto presidente da direção da AEB, Maria Miguel revela que “tem sido um desafio muito positivo, com muitas aprendizagens não só da minha parte, mas de todos”, acrescentando que a associação “vai conseguir trazer uma mais valia para os sócios, que são cada vez mais. É um balanço muito positivo”, frisa.

AEB com “candidaturas em curso e a retoma de algumas atividades”

“Há pouco tempo retomamos o stock of presencial, que durante a pandemia foi realizado em formato online. Todas as atividades que tínhamos previsto vamos retomando”, indica Maria Miguel, destacando também “a intenção de realizar o desfile de moda Baião”. A AEB vai lançar, ainda este ano, o cartão ‘Compra em Baião’, que será comum às várias lojas do concelho e que dá desconto ao consumidor, acumulando uma percentagem de desconto. Com o mesmo cartão, consegue ter cada desconto nas várias lojas, comprar cá dentro.

“Quero acima de tudo agradecer aos associados porque se não fossem os associados não faria sentido a associação empresarial”

Maria Miguel, presidente AEB

Para a presidente da direção da AEB, a instituição “só faz sentido para os associados porque vive de e para os seus sócios”. A todos eles, Maria Miguel deixa uma nota de agradecimento e um convite para que “visitem mais vezes a associação”.

A AEB conta com várias parceiras, com muitos serviços que podem oferecer aos seus associados, desde o acompanhamento jurídico ao acompanhamento financeiro, “portanto há um conjunto de serviços que disponibilizamos e que, muitas vezes, a sociedade desconhece. A associação está cá para ajudar naquilo que nos for possível”, salienta.

No dia 30 de abril, a AEB volta a assinalar a data num jantar de aniversário juntamente com os associados, e Maria Miguel apela à sua inscrição através de serviços da associação.