novo projeto 11 1
Publicidade

A Escola Básica Número 1, no concelho do Marco de Canaveses, acolheu na tarde desta segunda-feira, 13 de fevereiro, a assinatura do protocolo do Programa “ABC da Bola”, entre a Associação de Futebol do Porto (AF Porto) e o Agrupamento de Escolas Carmen Miranda.

Refira-se que o “ABC da Bola” é uma iniciativa ligada ao futebol e ao futsal direcionadas aos mais novos do concelho. O objetivo da AF Porto é levar este projeto a todos os concelhos do distrito do Porto para fechar um calendário de promoção às modalidades anteriormente referidas.

Assim, a Associação de Futebol do Porto pretende que estas modalidades, e principalmente a atividade física, sejam implementadas desde cedo na vida dos mais jovens. “O programa do ‘ABC da Bola’ é um projeto piloto da Associação de Futebol do Porto que visa trazer, aos 18 concelhos do distrito, uma iniciativa para que mais crianças, mais mulheres, mais jovens venham praticar futebol e futsal”, afirma José Manuel Neves, presidente da AF Porto. 

abc da bola 2 min

Após a assinatura do protocolo foi realizada uma atividade para os alunos da escola em questão com jogos de futebol e futsal entre os mais novos, juntamente com a oferta de um kit da AF Porto aos alunos. 

José Manuel Neves explica o Marco de Canaveses o sexto concelho em que é implementado este projeto e refere que todos estão a aceitar esta iniciativa. “Todos, de boa vontade, aceitaram e estão ansiosamente à espera que a associação chegue para pôr estas crianças a praticar desporto, a brincarem umas com as outras, é este o nosso propósito”. O presidente realça um dos objetivos deste projeto que é chegar a todas as crianças, principalmente as que não têm acesso a este tipo de desporto. “No interior há crianças que não têm acesso à prática da modalidade desportiva e isto implica que estas crianças, a partir de hoje, passem a ter acesso”, acrescentou.

O presidente da associação demonstra ainda a sua preocupação com a  percentagem de mulheres federadas no desporto. “Precisamos de mais mulheres a praticar desporto, mais mulheres árbitras, precisamos de mais mulheres dirigentes, precisamos de mais melhores médicas e enfermeiras e assim sucessivamente. Só sete porcento das mulheres em Portugal praticam desporto federado e isso é um número muito reduzido, queremos aumentar substancialmente este número”, garantiu.

abc da bola 7 min 1

Cristina Vieira, presidente da Câmara Municipal do Marco de Canaveses, fala também sobre a participação das mulheres nestas modalidades. “Esta é uma forma de saber que vamos chegar a todos, inclusive também aquilo que é a uma igualdade de acesso ao desporto em termos de mulheres, neste caso. Durante algum tempo havia algum tabu das meninas que queriam jogar futebol ou futsal, ou outras modalidades desportivas que, durante muitos anos, foram associadas mais ao sexo masculino. Felizmente, agora não”, apontou.

A presidente da Câmara Municipal, garante ainda que a autarquia apoia este projeto em “tudo o que for necessário. A Câmara Municipal disporá de todos os meios que forem necessários para que o protocolo corra bem, como aliás temos outras parcerias a nível de desporto. E esse é o nosso papel aqui, é dar os meios e os recursos para que este protocolo de facto corra bem”.

abc da bola 4 min 1

Para a autarca, este é “também um complemento aquelas que são as atividades extracurriculares e que já temos também no município com a atividade desportiva, é também uma forma de motivarmos ainda mais as nossas crianças a desenvolverem a atividade desportiva e sobretudo com reflexos no futuro que é isso que nós procuramos”, afirmou.

De acordo com a presidente, se o objetivo da associação for desenvolver “este projeto ao longo de outras escolas do concelho, o município estará, certamente, muito imbuído neste espiríto e será parceiro da associação”.

abc da bola 3 min 1

Por sua vez, o diretor do Agrupamento de Escolas Carmen Miranda, António Ribeiro, referiu que este protocolo “significa muito, porque sempre tínhamos oportunidade de, como é o caso, dar outra oferta aos nossos alunos. Para mim, enquanto diretor, já é muito gratificante e, por isso, quando foi lançado o convite para aderir a este projeto, vi com muito bons olhos”, constatou, acrescentando que “temos várias atividades extracurriculares, onde são abordadas várias modalidades. Tendo esta oportunidade de, na parte do currículo, ter estas modalidades é bom para os jovens, que ficam a ganhar”, frisou.

Matosinhos, é o próximo concelho a ser abrangido por este projeto ainda este mês, dia 23 de fevereiro.

abc da bola 5 min 2