A Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP) vai realizar o encontro online “Sou ucraniano e tive de gerir a diabetes em plena guerra”, dirigido a todas as pessoas com diabetes, familiares e amigos, no dia 30 de março, às 21h00.

Promovido pelo Núcleo Jovem da APDP, o encontro “é mais uma forma de apoiar pessoas com diabetes que tiveram de aprender a lidar com a patologia em pleno conflito”.

José Manuel Boavida, presidente da APDP, afirma que o principal objetivo é “dar voz a todas as pessoas de forma a sensibilizar os associados e não só”

O evento será totalmente online, em inglês e contará com a moderação de João Valente Nabais, vice-presidente da Federação Internacional da Diabetes e assessor da Direção da APDP.   

A (APDP)  garante que “tem prestado um apoio contínuo a todos os refugiados com diabetes que vieram da Ucrânia e estão agora em Portugal”, disponibilizando os seus serviços de cuidados de saúde especializados na diabetes a todas as pessoas refugiadas que precisem de apoio.