António Carvalho venceu a nona e penúltima etapa da 83.ª Volta a Portugal, na Senhora da Graça, em Mondim de Basto. 

“Vencer aqui é muito especial, bisar é ainda melhor”, disse António Carvalho, referindo-se ao triunfo obtido em Mondim de Basto, em 2019. “Tínhamos uma tática planeada. Agradeço à equipa porque o objetivo era eu vencer a etapa. Queríamos defender o primeiro e segundo lugar. A Geral está em primeiro lugar, mas na reunião ouvi os meus colegas dizer que eu merecia esta recompensa. Muito obrigado a eles”, salientou, citado num comunicado da organização.

Aquela que é considerada Etapa Rainha da Volta, com 174,5 quilómetros começou com uma partida simbólica do Parque da Cidade de Paredes. A caravana da Volta a Portugal despediu-se e homenageou Alejandro Marque (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel), Tiago Machado (Rádio Popular-Paredes-Boavista) e Micael Isidoro (ABTF Betão Feirense), corredores em final de carreira que fazem agora a última Volta.

Faltam apenas 18,6 quilómetros para conhecer em definitivo o vencedor da 83.ª Volta a Portugal Continente. É a distância que separa a partida da 10.ª Etapa no Porto e a meta em Gaia. O contrarrelógio individual desta segunda-feira, dia 15 de agosto, é “relativamente técnico, mas sem grandes oscilações no terreno”.