O Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso é um dos 13 Museus e Centros de Arte e de Arquitetura Contemporâneas na região Norte que constituem a Rede Portuguesa de Arte Contemporânea (RPAC – Norte), cuja apresentação formal se irá realizar na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), no dia 17 de março.

Numa visita ao museu no dia 9 de março a diretora do departamento de Cultura do Município de Amarante, Rosário Correia Machado, afirmou que “a integração de redes de divulgação e colaboração é fundamental para o enriquecimento do trabalho que é realizado nas instituições culturais. Estas são  para Amarante, e em particular o Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso, estratégicas na valorização do seu património artístico e cultural”.

Promovida pela Direção Regional de Cultura do Norte, com o apoio do Turismo do Porto e Norte de Portugal, esta iniciativa, criada para valorizar territorialmente quatro destinos turísticos: Porto, Douro, Minho e Trás-os-Montes, é cofinanciada por fundos comunitários e vai dar a conhecer mais de 11 mil obras de arte, disponíveis em 11 cidades a norte do país.

As visitas vão realiza-se a todos os museus e centros envolvidos, nomeadamente: Fundação Cupertino de Miranda (Famalicão), Casa da Arquitectura/Centro Português de Arquitectura e Casa do Design (Matosinhos), Centro de Arte Contemporânea Graça Morais (Bragança), Centro de Arte Oliva (São João da Madeira), Fundação Marques da Silva e Fundação de Serralves (Porto), Lugar do Desenho – Fundação Júlio Resende (Gondomar), Museu Bienal de Cerveira (Cerveira), Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso (Chaves) e Museu Internacional de Escultura Contemporânea (Santo Tirso).

Este projeto cultural tem como objetivos a criação tem a produção de conteúdos para os públicos nacionais e estrangeiros, a realização de exposições multimédia, a promoção de ações de divulgação junto de operadores turísticos de forma a suscitar a visita do chamado público interno, oriundo de todo o país, mas também a captação de novos públicos, nomeadamente das regiões fronteiriças espanholas para o conhecimento e rotas turísticas e culturais distintivas.