A cidade de Amarante integra a lista da candidatura apresentada por Braga para acolher a Conferência Anual das Cidades Criativas da UNESCO em 2024.

A XIV Conferência Anual da Rede de Cidades Criativas da UNESCO (UNESCO Creative Cities Network – UCCN) decorreu na sexta-feira, dia 23 de julho, em Santos, no Brasil, e contou com representantes dos setores culturais e criativos das cidades-membros. A representar Amarante, Cidade Criativa da Música da UNESCO desde 2017, estiveram a vereadora Rita Marinho Batista, e Rosário Correia Machado, responsável pelo departamento de Cultura.

Em nota enviada ao Jornal A VERDADE, o município explica que “a candidatura portuguesa, liderada pela cidade de Braga, é partilhada com Amarante, Barcelos e Santa Maria da Feira, onde terão também lugar atividades no âmbito da conferência anual caso esta se venha a realizar em Portugal”.

A candidatura de Braga e do Dubai aconteceu no decorrer da conferência, “que teve como objetivo a criação de novas sinergias em torno do tema ‘Criatividade, caminho para a igualdade’ e a apresentação do trabalho desenvolvido pela rede”.

Ao longo de cinco dias, as cidades-membros partilharam experiências e boas práticas, “ilustrando como as indústrias culturais e criativas são alavancadas no âmbito local. Os participantes da Conferência Anual debateram ainda sobre a criação de condições propícias para tornar as cidades mais inclusivas e igualitárias, alinhadas às prioridades globais da UNESCO”, pode ler-se na mesma nota.

A escolha de Braga ou do Dubai será anunciada no final de outubro. Em Portugal há nove cidades que integram a rede de Cidades Criativas da UNESCO.