No âmbito do projeto “A Vida à Porta”, cerca de 60 alunos e professores de três turmas do Ensino Secundário da Escola Básica e Secundária de Lordelo, em Paredes, vão visitar, na próxima quinta-feira, dia 3 de março, a empresa Inovocorte, do setor da metalomecânica, sediada em Lordelo.

A visita vai decorrer das 9h00 às 10h30 e tem como objetivo “sensibilizar os jovens estudantes para o contexto real do mercado de trabalho, dando-lhes a conhecer, no ‘terreno’, as oportunidades de emprego no concelho de Paredes, nos diferentes setores de atividade”, informa um comunicado da autarquia.

A atividade é promovida pelo presidente da Câmara Municipal de Paredes, Alexandre Almeida, pelo presidente da ASEP, Silvestre Carneiro, acompanhados do vice-presidente da autarquia, Elias Barros, e do vereador com o pelouro da Educação Paulo Silva, e o diretor do Agrupamento de Escolas de Vilela, Albino Pereira, e da diretora do Agrupamento das Escolas de Lordelo, Beatriz Castro.

O projeto “A Vida à Porta” é desenvolvido pelo município de Paredes, a ASEP – Associação de Empresas de Paredes e os agrupamentos escolares e pretende alertar “os estudantes para a falta de mão de obra no concelho e para a necessidade das indústrias terem profissionais qualificados, em diferentes áreas”. Envolve visitas às empresas para que os jovens estudantes passem “a conhecer mais de perto o tecido empresarial e a realidade das atuais condições laborais das fábricas, assim como as propostas que as várias empresas, que integram o tecido empresarial no concelho, têm para oferecer”.

Esta é uma das medidas adotadas para “dar resultados, em breve, atendendo à escassez de trabalhadores na indústria do mobiliário, na metalomecânica, entre outras áreas que necessitam de mão de obra qualificada no concelho de Paredes”.