A Escola Básica e Secundária de Sobreira, em Paredes, está entre as vencedoras do desafio “Artistas da Reciclagem”, da Sociedade Ponto Verde.

Este desafio está integrado no concurso “Reciclar é na Boa” e convidou os alunos a utilizar materiais de embalagens para “fazerem ouvir a sua voz, transmitindo uma mensagem de cariz social que unisse a causa da Reciclagem à construção de um futuro melhor para a Europa e para o planeta”. Para este efeito, os alunos apresentaram criações artísticas originais, desde esculturas, murais e peças de moda, além de conteúdos em vídeo e em fotografia, sendo que guerra, bullying, poluição dos oceanos e ambiente foram os principais temas apresentados.

Os alunos premiados do secundário vão, em junho, a Bruxelas, numa viagem que inclui a visita ao Parlamento Europeu. Já os alunos vencedores dos segundo e terceiro ciclos vão participar numa visita guiada ao Jardim Zoológico de Lisboa e ter uma noite de atividades no Inatel, no Parque 1º de Maio (Lisboa). Entre os prémios encontra-se ainda uma visita às escolas vencedoras com um roadshow.

A Academia Ponto Verde promove este desafio que recebeu mais de 170 projetos submetidos por escolas dos segundo e terceiro ciclos e Ensino Secundário e Profissional. Contou com a colaboração de diversas entidades europeias, como a Comissão Europeia, do Parlamento Europeu e do Centro de Informação Europeia Jacques Delors, estando a iniciativa integrada no âmbito do Ano Europeu da Juventude, que este ano assenta no mote “a Europa quer ouvir a tua voz”.

O concurso “Reciclar é na Boa!”, da Academia Ponto Verde, no qual se integra o desafio “Artistas da Reciclagem”, foi lançado no início deste ano letivo e “procura estimular a criatividade da comunidade escolar e incentivar a adoção de boas práticas de reciclagem nas escolas de todo o país”, informa um comunicado.

“Num dia tão significativo como o de hoje, em que se assinala o Dia da Europa, é realmente fundamental relembrar a importância de dar voz às novas gerações e de mobilizá-las para uma participação ativa na reciclagem de embalagens. A União Europeia precisa da visão, do empenho e da participação de todos, principalmente dos mais jovens, para que a sociedade se torne ainda mais verde, mais inclusiva e mais digital”, refere Ana Trigo Morais, CEO da SPV.

“Recebemos das escolas e dos alunos um conjunto de trabalhos muito diversificados, com temas e mensagens fortes que responderam muito bem ao desafio que a SPV lançou através deste concurso. No total, o balanço que fazemos é claramente positivo, pois os resultados refletem o interesse nestas iniciativas que, no fundo, nos dizem respeito a todos”, conclui a CEO da SPV.

Confira a lista dos trabalhos premiados:

Ensino Secundário

  • Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve (Faro)
  • Escola Profissional Agostinho Roseta no Crato (Portalegre)
  • Escola Profissional de Campanhã (Porto)

2º e 3.º Ciclos

  • Escola Básica / JI das Furnas – UO (Açores)
  • Escola Básica e Secundária Vale d’Este, Viatodos, em Barcelos (Braga)
  • Escola Básica Dr. José de Jesus Neves Júnior (Faro)
  • Escola Básica de Ammaia, em Marvão (Portalegre)
  • Escola Básica n.º 1 de Monforte (Portalegre)
  • Escola Básica D. Pedro IV de Mindelo, em Vila do Conde (Porto)
  • Escola Básica e Secundária de Sobreira em Paredes (Porto)