A Alfândega do Porto vai receber, até 31 de março, duas exposições internacionais que dão a conhecer a vida e obra de Leonardo da Vinci e a ancestralidade da China, através do Exército de Terracota.

“Leonardo da Vinci – Homem – Inventor – Artista, O Génio” vai estar patente no Centro de Exposições da Alfândega do Porto.

Para além das reproduções das obras de arte mais famosas, a exposição exibe várias invenções de Da Vinci, reconstruídas com base nos esboços originais de vários Códices e construídas com o material disponível no seu tempo: madeira, tecido, cordas e metal.

“Terracotta Army – Guerreiros de Xi’na” é a outra exposição que vai estar patente na Alfândega do Porto e que vai permitir uma “viagem” para a China de Qin Shi Huang, o primeiro imperador da Dinastia Qin. Esta exposição, em estreia absoluta em Portugal, mostra “o impressionante Exército de Terracota, numa reconstrução autêntica do local de escavação chinês que remota ao final do século III a.C”.

As esculturas foram descobertas em 1974 em Xi’an, na China, e as suas réplicas vão estar no Porto, onde pode ser compreendida a ancestralidade da China e analisada cada escultura que possui a sua própria individualidade. Além disso, os visitantes vão poder ver mais de 200 figuras, cavalos, armas e objetos de uso quotidiano deste exército, que têm como missão proteger eternamente o primeiro imperador da China.

Os bilhetes para “Leonardo da Vinci – Homem – Inventor – Artista, O GÉNIO” e “Terracotta Army – Guerreiros de Xi’an” estão à venda em ticketline.pt e na bilheteira local. Estão disponíveis bilhetes conjuntos, para os visitantes conhecerem as duas exposições no mesmo dia. O Centro de Exposições da Alfândega do Porto vai estar aberto diariamente das 10h00 às 19h00.