Foto: Governo
Publicidade

Os produtores pecuários cujas explorações estejam nos territórios afetados pelos fogos rurais que atingiram o país vão receber 500 mil euros para apoiar na aquisição de alimentação animal.

Esta é “uma prioridade do Ministério da Agricultura e Alimentação de modo a ajudar os agricultores a fazer face aos efeitos dos incêndios que provocaram a destruição de muitos dos pastos usados na alimentação dos animais das espécies bovina, ovina, caprina e equídeos”, informa um comunicado do Governo.

Os produtores podem, assim, candidatar-se a este apoio extraordinário no portal do IFAP, a partir de 17 de agosto.

Este apoio, com uma dotação inicial de 500 mil euros, “poderá sofrer um reforço caso seja necessário”. Tem como objetivo “fazer face ao inesperado e significativo aumento dos custos de produção, já que a supressão das pastagens requer que a alimentação dos animais seja agora assegurada pela aquisição de alimentos no mercado”, referiu o Ministério da Agricultura e Alimentação.