O Município de Lousada está a desenvolver o Sistema de Informação Cadastral Simplificado com a instalação de balcões de atendimento descentralizados e próximos da população, nomeadamente nas sedes das Juntas de Freguesia.

Criando uma maior proximidade com a população, os técnicos responsáveis têm passado pelas diversas Juntas de Freguesia do concelho, “com o intuito de prestar esclarecimentos e apoio”, refere o município em comunicado.

Nos dias 22, 23 e 24 de março, entre as 09h00 e as 12h00 e das 14h00 às 17h00, os técnicos vão estar na Junta de Freguesia de Lustosa. Nos mesmos horários a equipa vai estar, nos dias 25, 28 e 29 de março na Junta de Freguesia de Covas.

A autarquia explica que “com esta candidatura se pretende identificar e delimitar os prédios rústicos e mistos existentes no concelho através da plataforma BUPI (Balcão Único do Prédio). Para informações adicionais pode ser consultado o site do município.

O município considera que “o conhecimento dos limites e da titularidade das propriedades são fundamentais para que os municípios possam planear e gerir os seus territórios”.

O Balcão Único do Prédio (BUPi) de Lousada funciona fisicamente no Espaço AJE, e pode ser efetuado o agendamento do serviço através do email e dos telefones 255 820 500 ou 255 820 579.

O projeto tem um investimento total que ronda os 100 mil euros, sendo cofinanciado em 85%, pelo Norte 2020, através do Fundo Social Europeu.

O BUPi surgiu em 2017 com o intuito de conhecer o território português de forma simples e inovadora e está assente em quatro objetivos que passam pelo ordenamento do território, a valorização dos recursos, a identificação dos proprietários e a prevenção dos incêndios.