E como disse o “Sr. Almeida”, como é conhecido por todos, “atrás de um grande homem, está uma grande mulher”, mas, neste caso, é em conjunto que Vitor Almeida e Anabela Vasconcelos levaram este projeto até “bom porto”, desde o momento em que o assumiram. 

Anabela Vasconcelos está no Jornal A VERDADE desde 1998. Licenciada em Ciências da Comunicação, é um dos rostos deste órgão de comunicação regional, que, dia a dia, trabalha para ser cada vez melhor. “É um orgulho fazer parte desta família, que é o Jornal A VERDADE. Sentimo-nos privilegiados pelo facto de termos um projeto com 40 anos, com uma tiragem regular e sem interrupções”, disse. 

A gestora afirma que “é uma mais valia poder ter um projeto que ainda é sustentável e viável, que tem um bom número de assinantes, que são fiéis ao projeto, quer na região, quer no estrangeiro, nas comunidades emigrantes, que são uma parte importante dos nossos assinantes. Também nas bancas continuamos a ter um número significativo de vendas, o que quer dizer que o nosso trabalho continua a fazer a diferença junto dos leitores”, destacou.

De acordo com Anabela Vasconcelos, o objetivo “é continuar com este projeto”, garantindo que toda a redação “tem muitas ideias para divulgar o Marco de Canaveses e a região do Tâmega e Sousa, quer na edição em papel, quer na edição online. A nossa premissa é fazer um jornalismo de proximidade, a imprensa regional só faz sentido quando damos voz aos problemas e às mais valias da região!”, enalteceu.

Com mais de 20 anos de dedicação a este projeto, Anabela Vasconcelos destaca “todos os momentos, os bons e os menos bons, que serviram para aprender”, deixando uma mensagem a “todos aqueles que passaram por esta casa no decorrer destes 40 anos, quer sejam jornalistas, administrativos, designers, fotógrafos, estagiários… Todos tiveram um papel fundamental. Aprendi muito com eles e quero acreditar que também dei muito de mim para que aprendessem um pouco do processo que é fazer jornalismo”.

Para a gestora do Jornal A VERDADE, “ter uma redação pequena, em que todos se conhecem muito bem, onde festejamos as conquistas e nos abraçamos nas tristezas, é o segredo do projeto. Passamos mais tempo útil na redação do que em casa, esta também é a nossa família”

Por fim, a responsável pela gestão e administração deste projeto deixa uma mensagem “a todas as pessoas que nos abriram a porta. No início, quando comecei o meu percurso profissional no jornal, não foi fácil. Liderar um projeto regional, com pouco mais de 20 anos, foi um desafio para ter afirmação no mundo empresarial, mas com resiliência e muita força de vontade conseguimos levar o projeto em frente, até ao ponto onde se encontra hoje”

Anabela Vasconcelos termina deixando uma mensagem a todos os que acompanharam este projeto, ao longo das quatro décadas de existência. “Todos fazem parte da nossa história. Agradecemos a todos os leitores, assinantes, anunciantes e instituições, que ajudaram a tornar este projeto numa realidade. A todos vocês, parabéns. Que venham mais 40 anos, a perpetuar a história do concelho, das instituições e das pessoas. Enquanto tivermos mãos para escrever e pernas para andar, continuaremos a lutar para levar até si a melhor informação”, finalizou.