Fomentar mais a brincadeira na comunidade marcoense foi o mote para as “Tardes de brincadeira” criadas pelo Projecto Caerus – CLDS4G e que integram o programa das festas da cidade do Marco de Canaveses no dia 16 de julho, no Parque da Cidade.

Com a pandemia da COVID-19, “surgiu a ideia de dotar as festas da cidade com mais atividades diversificadas, que envolvessem a família e não fossem só o programa cultural”, explica Judite Freitas, diretora do projeto. Apesar de “atrativo”, o programa “não dá resposta a todos e, as atividades serão uma forma de complementar estes dias que já são diferentes nas famílias marcoenses”, acrescenta.

De acordo com Judite Freitas o grande desafio das “Tardes de brincadeira” é “tirarmos um bocadinho do nosso tempo para participar em jogos e desafios em família e brincar”. Será uma tarde com jogos tradicionais “para que os pais se possam lembrar do prazer que é brincar e das brincadeiras que faziam quando eram pequenos”, mas também de brincadeiras “diferentes para as crianças colocarem os pais numa situação de pela primeira vez fazer um jogo ou brincar”.

Judite Freitas reforça que “a área do brincar é muito importante para o desenvolvimento do ser humano e nós que vivemos numa sociedade tão séria esquecemo-nos de valorizar o tanto que aprendemos pelo brincar. Dar a vez, perder e saber, trabalhar em equipa, jogar de forma a que todos participem, são aprendizagens muito importantes para o ser humano e que se calhar importa avivar”, frisa.

Para a dinamização das atividades, o Projecto Caerus – CLDS4G conta com a colaboração de jovens que no período de férias partilham o seu tempo livre e vão testar brincadeiras podem colocar em prática com segurança.

Um dos objetivos do projeto é a intervenção familiar e parental, “por isso trabalhamos com famílias, jovens e crianças, e sentimos sempre uma necessidade tremenda de trabalhar o brincar em família”, conclui Judite Freitas, que espera no futuro “poder replicar esta atividade noutros eventos”.